Categorias
Notícias

Estudantes amazonenses são premiadas em etapa nacional de torneio de robótica

Equipe da Escola SESI Abrahão Sabbá, no município de Itacoatiara, recebeu neste sábado, 26, o prêmio “Reconhecimento de Conquista” do Festival SESI de Robótica, maior competição de robótica educacional brasileira. O prêmio foi concedido em cerimônia on-line por juízes da competição F1 in Schools, que desafia alunos a criar uma escuderia de Fórmula 1 que compete pelo carro mais rápido das provas.

A ‘Apuema Korê’, formada por alunas do 9º ano do ensino fundamental, competiu com 31 equipes de todo o país, pelo segundo ano consecutivo, na modalidade que reproduz desafios reais das corridas de Fórmula 1, estimulando os jovens a criarem escuderias para a disputa nas pistas.

Em edições on-line, os competidores formaram times de três a seis integrantes e montaram uma escuderia que funciona como uma pequena empresa, com etapas desde o gerenciamento, marketing, design, engenharia, ao plano de negócios.

“Para essa temporada, a escuderia ‘Apuema Korê’ reformulou a gestão do projeto, definindo novos valores, como diversidade, inovação, responsabilidade e qualidade. Ao longo das avaliações on-line, as alunas foram muito elogiadas pelos juízes e se emocionaram a cada etapa. Tivemos um reconhecimento merecido após dois meses de intenso trabalho e dedicação”, disse o professor do SESI Amazonas e técnico da equipe, Genarde Macedo.

Para evidenciar os valores, as alunas Ana Clara, Thaynara e Renata utilizaram sistemas de gerenciamento de projetos e colaboração, em empreendedorismo, investiram na modificação da identidade visual da equipe, com a criação de nova logomarca com o predomínio da cor verde, que representa a biodiversidade amazônica, além do desenvolverem o carro em miniatura, que utiliza softwares de design 3D e simulações aerodinâmicas.

“Todo esse trabalho foi avaliado por juízes de diferentes áreas, como engenheiros, assistentes sociais, administradores, entre outros”, explicou Macedo, ao acrescentar que neste ano a escuderia Apuema Korê optou por um projeto social, com foco no desenvolvimento de tecnologias sustentáveis e acessíveis, voltado para beneficiar as comunidades ribeirinhas do Amazonas. “Para isso foi planejado o desenvolvimento de uma tela mosqueteira magnética que fosse mais prática de utilizar e de baixo custo”, relatou o professor.

A participação das alunas no Festival SESI de Robótica teve orientação dos professores da Escola SESI Itacoatiara e técnicos da escuderia, Genarde Macedo e Nicanor Bueno, e passou por um cronograma de reuniões e encontros presenciais e on-line, e depois construído um portfolio para registro. “Graças a doação das alunas em todas as etapas conseguimos esse prêmio do reconhecimento dos juízes, e estamos muito felizes”, relatou ele. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *