Categorias
Notícias

Começam as aulas presenciais para os alunos do Novo Ensino Médio do SESI/SENAI

Chegou a vez dos alunos finalistas do Novo Ensino Médio do SESI voltarem às atividades presenciais na Escola SESI Dra. Emina Barbosa Mustafa, no Aleixo. Em turmas limitadas a 50% de ocupação da sala de aula, os alunos retornam com ensino híbrido: aulas on-line na sexta-feira e presenciais ao longo da semana. A formação técnica e profissional, com os cursos do Novo Ensino Médio em parceria com o SENAI, permanece de forma remota.

A adesão ao retorno das atividades presenciais foi confirmada, em pesquisa aplicada pelo SESI, por mais de 80% dos pais dos alunos do ensino médio e ensino fundamental 2 (6º ao 9º ano). Com mudanças e demarcações no espaço, totens de álcool em gel e aferição de temperatura, os alunos seguem o protocolo de Segurança das Escolas SESI Amazonas contra a covid-19.

“A grande maioria dos alunos retornou para o ensino presencial e segue todas as medidas já implementadas desde o ano passado”, disse a pedagoga do Ensino Médio do SESI, Genilda Tinoco. Com ensino do SENAI a distância, a pedagoga explica que os cursos técnicos de Rede de Computadores e Eletrotécnica, ofertados pela grade do Novo Ensino Médio do SESI, serão aplicados de uma a três vezes na semana – dependendo da série – e divididos nos módulos integradores (1º ano), formação geral da área (2º ano) e Habilitação Técnica (3º ano).

“Esse retorno presencial, mesmo ainda híbrido, facilita muito o contato professor-aluno. O que percebemos nas aulas on-line são alunos mais distraídos e tímidos para tirar dúvidas ou fazer alguma interferência nas aulas”, disse a pedagoga, ao ressaltar os cuidados que estão sendo tomado para o retorno presencial seguro. “Apesar das medidas não serem novas para a maioria dos alunos, reforçamos a ida da equipe técnica de enfermagem, diariamente, em cada sala para verificar se algum aluno precisa de um auxílio ou sente algum sintoma, para que seja logo feita a abordagem prévia e isolamento, se necessário”.

Aluna do 1º ano do Ensino Médio, Emily Brito, 15, conta que o retorno presencial vai ser benéfico para os seus estudos. “Eu queria muito voltar para o ensino presencial, principalmente por me sentir mais focada nos estudos. Me sinto muito melhor estudando na escola e com auxílio presencial dos professores”, disse, ao relatar como era sua rotina de estudos em casa no ensino remoto. “Em casa, qualquer coisa vira uma distração, começando pelo próprio computador ou celular em que eu fazia as aulas, qualquer notificação que chegava, e-mail ou lembrete de atividades, já tirava o foco dos estudos”, explicou.

Para realizar as atividades, a aluna conta que se sente mais à vontade em tirar dúvidas de forma presencial com os professores e que isso era também um dos maiores desafios das salas de aulas virtuais. “Por conta da minha timidez, eu sempre ficava com o microfone desligado nas aulas on-line e depois abordava os professores de forma individual para tirar dúvida e, agora, com o retorno para o presencial, eu já consigo fazer isso na hora com cada um deles, o que é melhor”.

Com encontros ao vivo, desde o ano passado, pelo ambiente virtual de aprendizagem on-line Plurall, disponível no Portal SESI de Educação, e com as ferramentas Google For Education: Google Classroom e Meet, os alunos começam o ano letivo híbrido, com aulas a distância somente na sexta-feira. Os alunos que optaram por continuar no sistema remoto vão receber, simultaneamente às aulas presenciais, aulas previamente gravadas pelos professores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *