Categorias
Notícias

Alunos do SESI têm material inovador para estudos

Preparação para um futuro cada vez mais tecnológico e voltado para a resolução de problemas é o foco da aprendizagem dos estudantes

Os alunos do Serviço Social da Indústria (SESI/AM) ingressaram ontem, 8, em novo sistema de ensino nas Escolas SESI em Iranduba, Itacoatiara e Parintins, e no próximo dia 15 será a vez dos alunos em Manaus. Trata-se do novo Sistema Estruturado de Ensino (SEE) alinhado com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), com novas matrizes curriculares e material didático totalmente reformulado, autoral, em parceria com o Grupo Somos.

Neste início de ano letivo de forma 100% remota, a Rede SESI de Educação no Amazonas traz novo conceito pedagógico, com foco em preparar os alunos para os desafios tecnológicos e profissões do futuro, baseados nos preceitos STEAM, acrônimo em inglês usado para referir-se às áreas de Ciências, Tecnologia, Engenharia, Matemática e Artes, nas metodologias ativas e no protagonismo dos professores e alunos.

Com aulas iniciadas em 22 de fevereiro, os alunos recebem, digitalmente, reforço de conteúdo do ano letivo e a partir de hoje contam também com o material didático autoral físico, distribuído nas escolas em sistema de entrega drive-thru, para o desenvolvimento do aprendizado.

“Os alunos utilizam, assim, o material remodelado pelos professores da Rede SESI do Brasil, incluindo docentes do Amazonas”, disse a gerente da Escola SESI David Nóvoa em Iranduba, Viviane Barroso, ao detalhar que o novo material didático foi construído por professores, divididos por áreas de conhecimento ou campos de experiências, auxiliados por consultores em educação. Cinco professores do Amazonas participaram da elaboração dos documentos que norteiam desde a educação infantil até o Ensino de Jovens e Adultos (EJA), do ensino fundamental ao ensino médio regular.

O novo material didático e a nova matriz curricular do SESI incluem ainda atividades em programas de computador (uso do Minecraft e de I.A), além das noções de programação por meio do kit de Robótica, tendo como foco na metodologia a preparação para um futuro cada vez mais tecnológico e voltado para a resolução de problemas. O SESI conta também com assessoria pedagógica, formação de professores, simulados de avaliações externas e avaliações educacionais.

“As escolas estão bem alinhadas, utilizando as mesmas plataformas e ferramentas educacionais, além do novo material didático com os alunos a distância, mesmo com as particularidades das escolas do interior (Iranduba, Itacoatiara e Parintins)”, destacou Viviane Barroso.

O ambiente virtual de aprendizagem on-line Plurall, do grupo de educação básica Somos Educação, está disponível no Portal SESI de Educação, e com a integração do Sistema de Gestão Escolar (SGE). Ferramentas do Google For Education, como Google Classroom e Meet, além do Microsoft Teams, também são utilizadas para encontros diários ao vivo com os professores e agendamento de provas e atividades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *