Categorias
Notícias

Pedagoga do SESI explica o que você precisa saber sobre o Novo Ensino Médio

As escolas da rede pública e privada têm até 2022 para se adaptar e implementar a reforma do Novo Ensino Médio, conforme alteração na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), que altera a carga mínima anual no ensino médio, ampliando-a para 1000h, com nova organização curricular que deverá contemplar a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e a oferta de diferentes itinerários formativos, com foco em áreas de conhecimento e na formação técnica e profissional.

O Serviço Social da Indústria (SESI Amazonas) antecipa-se e já formará em 2021 sua primeira turma, no terceiro ano de implementação do Novo Ensino Médio. De acordo com a gerente da Escola SESI Dra. Emina Barbosa Mustafa, Ana Karina Holanda, na nova estrutura curricular os alunos possuem autonomia para as escolhas nas áreas de afinidade e concluem o ensino médio junto com o curso técnico ofertado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). As Escolas SESI já estão com matrículas abertas para 2021.

Formada há mais de 19 anos pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM), em pedagogia, Ana Karina Holanda tem especialização em Supervisão Educacional e em Psicopedagogia, sendo esta pela Instituição de Ensino Superior Martha Falcão.

O que é o Novo Ensino Médio?

Ana Karina- A mudança na estrutura do Novo Ensino Médio SESI/SENAI amplia a carga horária mínima anual das escolas de 800h para 1.000h. O estudante cursa o Ensino Médio + Curso Técnico com uma metodologia muito mais dinâmica, flexível e criativa, com foco nas áreas de conhecimento e na formação técnica e profissional.

Como funciona?

AK- O currículo do Novo Ensino Médio, com itinerários formativos, busca a centralidade em competências e habilidades/capacidades, contextualizadas na realidade do mundo atual e se propõe a superar a tradição pautada em uma grade de conteúdos enciclopédicos descontextualizados. Assim, o projeto pedagógico contempla as seguintes dimensões de formação: áreas de conhecimento; competências e habilidades; objetos de conhecimento; metodologias de ensino com ênfase em projetos e práticas de pesquisa e de protagonismo.

E as disciplinas tradicionais continuam no currículo?

AK – Sim, as matérias tradicionais de física, química e biologia continuam existindo, mas são apresentadas em um novo contexto para os alunos, dividido em cinco grandes áreas do conhecimento: Linguagens e suas Tecnologias (conteúdos de língua portuguesa, literatura, língua estrangeira, artes, educação física e tecnologia da informação e comunicação); Ciências Humanas e suas Tecnologias (história, geografia, filosofia e sociologia); Ciências da Natureza e suas Tecnologias (química, física e biologia); Matemática e suas Tecnologias; e Formação técnica e profissional (cursos técnicos em parceria com o SENAI).

Como ficou dividida essa carga horária nos três anos do Ensino Médio?

AK- O Projeto de Cursos para Itinerários do Novo Ensino Médio, desenvolvido conjuntamente pelo SESI e pelo SENAI, divide 3.000 horas de Ensino Médio, em 1.800 horas de educação básica e 1.200 horas para formação profissional, de acordo com a nova grade proposta pelo MEC, sendo tudo em um único turno pela manhã: O 1º ano é reservado para Formação Geral (800h) + Iniciação para o Mundo do Trabalho (200h), com um dia na semana com aulas no SENAI. O 2º ano para Formação Geral para a Área Industrial (600h) + Módulo Integrador (400h), com dois dias no SENAI; o 3º ano, com Formação Geral para a Habilitação Técnica (400h) + Habilitação Técnica no curso escolhido (600h) e três dias no SENAI.

Quais cursos técnicos o aluno tem para cursar em parceria com o SENAI?

AK- Para 2021 a escola SESI/ SENAI irá oferecer as opções de cursos técnicos de Eletrotécnica, Mecânica e Redes de Computadores. O aluno já se inicia no 1º ano do Ensino Médio, com o módulo do Mundo do Trabalho, que é uma estratégia adotada pelo SENAI para assegurar que os estudantes façam suas opções por um itinerário, fundadas no autoconhecimento; na visão contextualizada do mundo do trabalho; e no estabelecimento de um projeto de vida e carreira realista.

Como funciona a parte técnica do SENAI?

AK- Dividido em três módulos, os alunos no 1º ano do ensino médio têm contato com o mundo do trabalho, que estimula o autoconhecimento. No 2º ano, cursam o módulo Básico Introdutório, para que comecem a ter contato com áreas do curso escolhido, trabalhando os fundamentos iniciais. Para concluir a certificação, no 3º ano, os alunos têm o foco na ocupação profissional específica. As aulas da parte prática e teórica dos cursos técnicos são feitas in loco, utilizando toda a infraestrutura e os laboratórios dos cursos no SENAI.

Qual o material didático utilizado no ensino?

AK- As escolas da Rede SESI começam em 2021 com o Novo Sistema Estruturado de Ensino, alinhado com a BNCC, utilizando material didático próprio e autoral desde a educação infantil até o Ensino de Jovens e Adultos (EJA), passando também pelo ensino fundamental e o Novo Ensino Médio.

A proposta pedagógica de ensino para essa estrutura de ensino é fazer com que no lugar das antigas provas teóricas, desestimulantes, exista um novo conjunto de avaliações posicionando o aluno como protagonista do aprendizado. Os conceitos são gerados com base na resolução de problemas: produção autoral, projetos interdisciplinares, debates, teste de progresso e simulados.

O aluno encerra o Ensino Médio com dupla certificação?

AK- Ao final do 3º ano, o estudante receberá certificação única do ensino médio com formação técnica profissional SESI/SENAI. As duas formações e aprovações dependerão uma da outra, atendendo às exigências da legislação. Todo esse modelo é ideal para que o jovem estabeleça relação entre teoria e prática, além de se preparar para o ensino superior e os desafios do mundo do trabalho.

Como fica a relação Novo Ensino Médio e os vestibulares Enem, Macro, Sis e Psc?

AK- A reforma do Novo Ensino médio não trata especificamente de nenhum dos vestibulares, sendo assim, as alterações da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional não interferem diretamente nos processos seletivos das universidades.

Quando se tornará obrigatório nas escolas?

AK- De acordo com a Lei nº 13.415/2017, que estabeleceu uma mudança na estrutura do ensino médio, as escolas da rede pública e privada têm até 2022 para se adaptar e implementar a reforma do Novo Ensino Médio nas instituições.

Quais são os benefícios para os estudantes com a nova organização curricular?

AK- O aluno já sai do Ensino Médio com uma profissão. Por meio desse novo currículo, a parceria entre SESI e SENAI objetiva que seus estudantes desenvolvam competências e habilidades necessárias ao mundo do trabalho, nos aspectos sociais, cognitivos e científicos, para que se preparem para as profissões existentes e reflitam sobre campos de atuação profissional e transformações das carreiras especialmente para a indústria nacional e internacional. O Novo Ensino Médio também proporciona aos adolescentes e jovens a construção de uma vida social, cultural, tecnológica que permita o seu ingresso no mundo do trabalho e possibilite a continuidade dos seus estudos no nível superior.

Qual Escola SESI oferta o Novo Ensino Médio?

AK- O SESI oferece o Novo Ensino Médio na Escola SESI Dra. Emina Barbosa Mustafa, localizada na Av. Cosme Ferreira, 3295, Aleixo, telefone 98499-1484 ou 98499-1559. Em 2021, o SESI já vai para o terceiro ano de atuação com a nova estrutura que irá formar 63 alunos com a certificação do Novo Ensino Médio.

Categorias
Notícias

SESI realiza plantão de matrículas neste sábado

As Escolas SESI da capital e do interior realizam neste sábado, 14, e no dia 28, das 8h às 12h, plantão de matrículas para o ano letivo 2021. Com visitas agendadas previamente, no telefone (92) 3234-0610 ou pelo WhatsApp (92) 98406-2798, os interessados podem conhecer mais sobre a infraestrutura das escolas, por meio de um tour guiado com a equipe técnica, além de receber mais informações sobre os projetos desenvolvidos pela Rede SESI de Educação.

Com matrículas abertas para 2021, o SESI atende com educação infantil (creche e pré-escola), ensino fundamental, do 1º ao 9º ano, e com o Novo Ensino Médio Profissionalizante, do 1º ao 3º ano. Esta modalidade conta com formação técnica pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Amazonas), onde os alunos poderão escolher entre os cursos técnicos em eletroeletrônica, mecânica ou em rede de computadores.

Para o próximo ano, o SESI contará com novo sistema estruturado de ensino, utilizando material autoral reformulado e novas matrizes curriculares, o que significa dar ao aluno a perspectiva de um futuro cada vez mais tecnológico. Alinhadas com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), as mudanças vão além do material didático próprio, formulado pelos professores da Rede SESI do Brasil, com auxílio de consultores, mas reúne metodologias ativas para que seja atual, aplicável e eficaz na construção do conhecimento dos estudantes.

Escolas que estarão no plantão de matrículas:

Em Manaus:

Escola SESI Dr. Francisco Garcia

Endereço: Av. Governador Danilo Areosa, 1531, no Distrito IndustriaI. Turmas em tempo integral e parcial para educação infantil: creche e berçário (a partir de 4 meses), creche maternal (1 a 3 anos); pré-escola (1º e 2º períodos – 4 e 5 anos) e ensino fundamental I (1º ao 5º ano).

Escola SESI Dra. Emina Barbosa Mustafa

Endereço: Alameda Cosme Ferreira, 3295, Aleixo. Ensino fundamental I e II (1º ao 9º ano), ensino médio profissionalizante (1º ao 3º ano).

Em Iranduba:

Escola SESI David Nóvoa Alvarez

Endereço: Rodovia Manoel Urbano, km 0, s/n, em Iranduba (AM). Ensino fundamental I (1º ao 5º ano).

Em Itacoatiara:

Escola SESI Abrahão Sabbá

Endereço: Rua Nossa Senhora do Rosário, 3840 – Jauary II, Itacoatiara (AM). Ensino fundamental I e II (1º ao 9º ano).

Em Parintins:

Escola SESI Padre Francisco Luppino

Endereço: Rodovia Odovaldo Ferreira Novo, s/n, Djard Vieira, em Parintins (AM). Ensino fundamental I e II (1º ao 9º ano).

Categorias
Notícias

Escolas SESI iniciam pré-matrícula online

Para garantir sua vaga nas Escolas SESI do Amazonas, os pais e responsáveis já podem realizar a pré-matrícula online, sem precisar sair de casa, por meio do site escolasesiam.com.br. Após preencher o formulário, a equipe do SESI entrará em contato para finalizar a intenção de matrícula. A Rede SESI de Educação oferece educação infantil (creche e pré-escola), ensino fundamental do 1º ao 9º ano, e o Novo Ensino Médio Profissionalizante, do 1º ao 3º ano.

Pelo site é possível realizar não só a pré-matrícula, mas conhecer a parte institucional, metodologia, diferenciais e estrutura das Escolas SESI da capital e do interior, além de saber mais sobre as plataformas utilizadas pelos alunos, professores, coordenadores e pais. O ambiente virtual de aprendizagem Plurall, por exemplo, já faz parte da rotina escolar e pode ser acessado por estudantes e professores a qualquer hora e em qualquer lugar, disponibilizando listas de exercícios, vídeos, materiais didáticos e tutores para tirar dúvidas.

A Microsoft também é uma grande aliada no desenvolvimento dos alunos do SESI com o Minecraft for Education, jogo de mundo aberto que promove a criatividade, colaboração e resolução de problemas em um ambiente imerso onde o único limite é a imaginação, sendo uma ferramenta de aprendizagem onde o professor pode trabalhar qualquer temática.

O ensino é pautado pela Metodologia STEAM, que agrega conhecimentos nas áreas de Ciências, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática. É uma metodologia integrada e baseada em projetos para formar pessoas com diversos conhecimentos, desenvolver valores, juntamente com os conteúdos abordados e preparar alunos e cidadãos para os desafios do futuro incluindo a educação tecnológica na grade curricular, sendo o SESI o operador oficial do Torneio de Robótica First Lego League (FLL).

Para o Novo Ensino Médio Profissionalizante do SESI, que conta com a formação técnica pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), os alunos podem escolher, entre os cursos, técnicos em eletroeletrônica, mecânica e redes de computadores. Com auxilio da plataforma Geekie, os estudantes se preparam para os vestibulares com conteúdos digitais atualizados, plano de estudo personalizado, recursos digitais de fixação e revisão, incluindo realização de simulados.

Conheça as escolas da Rede SESI:

Em Manaus:

Escola SESI Dr. Francisco Garcia

Localizada na Av. Governador Danilo Areosa, 1531, no Distrito IndustriaI. Oferece turmas em tempo integral e parcial para educação infantil: creche e berçário (a partir de 4 meses), creche maternal (1 a 3 anos); pré-escola (1º e 2º períodos – 4 e 5 anos) e ensino fundamental I (1º ao 5º ano).

Contato Whatsapp: (92) 98499-1074.

E-mail: escolasesi.distrito@sesiam.org.br

Escola SESI Dra. Emina Barbosa Mustafa

Localizada na Alameda Cosme Ferreira, 3295, Aleixo, atende com ensino fundamental I e II (1º ao 9º ano), ensino médio profissionalizante (1º ao 3º ano) e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Contato Whatsapp: (92) 98499-1484/ 98499-1559.

E-mail: escolasesi.aleixo@sesiam.org.br

Em Iranduba:

Escola SESI David Nóvoa Alvarez

Localizada na Rodovia Manoel Urbano, km 0, s/n, em Iranduba (AM). Oferece ensino fundamental I (1º ao 5º ano).

Contato Whatsapp: (92) 98499-6235.

E-mail: escolasesi.iranduba@sesiam.org.br

Em Itacoatiara:

Escola SESI Abrahão Sabbá

Localizada na Rua Nossa Senhora do Rosário, 3840 – Jauary II, Itacoatiara (AM). Atende em ensino fundamental I e II (1º ao 9º ano).

Contato Whatsapp: (92) 98499-5898.

E-mail: escolasesi.itacoatiara@sesiam.org.br

Em Parintins:

Escola SESI Padre Francisco Luppino

Localizada na Rodovia Odovaldo Ferreira Novo, s/n, Djard Vieira, em Parintins (AM). Oferece ensino fundamental I e II (1º ao 9º ano).

Contato Whatsapp: (92) 98405-6693

E-mail: escolasesi.parintins@sesiam.org.br

Categorias
Notícias

SESI realiza Drive-in Literário com obras de Monteiro Lobato e Ziraldo

Os clássicos da literatura infantil brasileira, com as obras do escritor Monteiro Lobato, a exemplo do Sítio do Pica-Pau Amarelo e seus personagens, e as histórias e invenções do famoso personagem de quadrinhos infantis “Menino Maluquinho”, criado pelo cartunista Ziraldo Pinto, estão chegando até por drive-in aos alunos das escolas SESI do Amazonas. A coletânea está sendo entregue neste mês tanto aos alunos que permanecem com aulas remotas em casa, como aos que estão presencialmente nas aulas nas unidades do SESI.

Cada aluno recebe uma maleta, enviada pelo SESI Nacional, com oito livros que reúnem obras dos dois autores brasileiros. Para realizar a entrega, cada escola montou programação diferenciada, de acordo com a realidade das aulas. Em Parintins, por exemplo, a Escola SESI Padre Francisco Luppino, em espera pela liberação da prefeitura para o retorno das aulas presenciais, realizou as entregas por meio de drive-in, seguindo as recomendações e os protocolos de segurança.

“Montamos uma estrutura bem lúdica para que os 246 alunos, ao entrarem no pátio da escola, com seus pais em veículos, consigam mesmo sem sair do carro/ moto, se divertir e entrar no clima dos livros com os professores caracterizados e toda uma estrutura para chamar atenção desse aluno”, contou a coordenadora da Escola SESI Parintins, Geisiane Campos.

Em Itacoatiara, na Escola SESI Abrahão Sabbá, a entrega será feita também de forma remota para os alunos que permanecem com o ensino a distância. Os professores criaram todo um roteiro, utilizando mapas enviados previamente para os alunos e responsáveis, para que seja aguçada a curiosidade pelos livros e suas histórias, desde o trajeto até a dinâmica de entrega nas escolas. De acordo com a bibliotecária da Escola SESI Itacoatiara, Andrielle Marques, é preciso chamar atenção para que esse aluno leve o conteúdo para casa e se interesse pela leitura.

“A leitura é um tesouro que precisa ser incentivado. Cada faixa etária irá receber coletâneas de acordo com o seu nível de leitura, sendo os anos iniciais livros mais curtos e histórias mais fantástico, como dos personagens do Sítio do Pica Pau Amarelo, e os alunos mais velhos contam com muita literatura nos livros mais densos do Monteiro Lobato e os clássicos do Ziraldo, como o ‘Menino Maluquinho’”, explicou Marques.

O SESI Amazonas vai distribuir 1.900 kits para os alunos da capital e do interior. Professores também utilizarão as obras em sala de aula. Com fantasias e contação de histórias, os professores já desenvolveram oficinas de literatura em quadrinhos e debate, por meio de videoconferência com convidados, sobre o processo de criação e produção de roteiro, além de palestras sobre literatura amazonense, para os alunos do ensino médio, com o escritor manacapuruense Raimundo Nogueira e a artista plástica Odaléia Rosely.

“Todas essas atividades tinham como culminância a entrega das maletas com os livros da forma mais dinâmica possível para os alunos. Tudo era uma forma de chamar a atenção para conhecer a importância dos clássicos da literatura brasileira com os seus personagens, livros e autores, possibilitando futuramente a interdisciplinaridade do conteúdo dos livros com as atividades em sala de aula”, explicou a pedagoga da Escola SESI Dra. Emina Barbosa Mustafa, Luana Freitas.

Todas as Escolas SESI da capital e de Iranduba, Itacoatiara e Parintins receberam as maletas de forma presencial, para os alunos que já estão com aulas no ensino híbrido, ou remoto, por meio do drive-in para os alunos que ainda permanecem com o ensino 100% à distância. Para 2021, o SESI já iniciou o período de matrículas.

Para mais informações, é só entrar em contato com as escolas e aproveitar desconto na 1ª parcela da anuidade escolar para o próximo ano, no valor da tabela de 2020.

Categorias
Notícias

SESI cria novo Sistema de Ensino e Material Didático próprio para 2021

A Rede SESI de Ensino com objetivo de preparar cada vez mais os alunos para os desafios e profissões do futuro tecnológico lançou o seu Novo Sistema Estruturado de Ensino alinhado com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e indo além do material didático próprio e autoral, mas reunindo metodologias ativas e com o protagonismo dos professores e estudantes. As escolas SESI do Amazonas já iniciam o ano letivo de 2021, que já está com matrículas abertas, com novas matrizes curriculares e material didático reformulado, em parceria com o grupo Somos Educação.

Para a construção desses documentos normativos, que teve inicio em março deste ano, foi montado grupos de trabalho divididos por áreas de conhecimento ou campo de experiências, com os professores de toda a Rede SESI do Brasil, com auxilio de consultores, levando a uma discursão pedagógica de todo país. No Amazonas, cinco professores fizeram parte ativamente da construção desses documentos que norteiam desde a educação infantil até o Ensino de Jovens e Adultos (EJA), passando também pelo ensino fundamental e ensino médio regular.

“Analisamos a matriz curricular do SESI e foi feito alguns ajustes, assim como nos livros usados em sala de aula. Sentimos a necessidade desse amparo maior para o professor e os alunos, trazendo livros mais regionalizados e contextualizados, voltado sempre às tecnologias, sendo mais a cara do SESI, trabalhando essa interdisciplinaridade”, disse a professora da Escola SESI David Nóvoa Alvarez, Débora Pinto, que faz parte do grupo de Trabalho para anos iniciais do ensino fundamental, com o tema Linguagens e suas Tecnologias. 

A professora ressalta ainda os benefícios da atualização dos materiais hoje utilizados pelo SESI e da construção estar sendo feita com o protagonismo dos docentes para que ele seja atual, aplicável e eficaz na construção de conhecimento dos estudantes. “Ninguém melhor para construir isso do que nós professores que usamos as ferramentas e sentimos na pele o que precisa ser melhorado”, disse ela.

Tecnologia da Educação Infantil a EJA

As matrizes curriculares já estão prontas e disponíveis, para uso piloto, no portal SESI Educação. “Cada nível de ensino é uma matriz diferente, porque são objetivos diferentes para atingir de acordo com cada faixa etária, dentro do que eles (alunos) são capazes de fazer. O livro reformulado ainda não está pronto, porém com as matrizes e os campos de experiência disponíveis, já estamos fazendo e aplicando com os alunos em 2020” explicou a professora da Escola SESI Dr. Francisco Garcia, Erlen Barbosa, que faz parte do grupo de trabalho voltado à educação infantil.

Barbosa acrescenta ainda que junto com o novo sistema estruturado do SESI inicia um sistema de formação contínua dos professores que por meio de videoconferência já estão sendo atualizado, com ajuda de consultores e avaliações, nas mudanças do material didático e nas novas matrizes de ensino. “Houve uma preocupação da Rede em falar uma língua só em todo o Brasil para que junto com os professores possam se adequar ao material”, frisou ela.

O novo modelo, que pode ser replicado para outras escolas, reúne um conceito pedagógico voltado para o desenvolvimento produtivo/ industrial, se baseando na lógica Steam (Ciência, Tecnologia, Engenharia, Matemática e Artes) e com atividades em programas de computador (uso do Minecraft e de I.A), além das noções de programação por meio do quite de Robótica.

“Tivemos palestras sobre como a realidade do aluno poderia influenciar na formulação do material e falamos também sobre o aprimoramento e algumas habilidades que precisavam ser ajustadas no material, principalmente falando de EJA” relatou a professora do ensino fundamental e médio da EJA SESI, Greyciane Dutra.

A preparação para um futuro cada vez mais tecnológico e voltado para a resolução de problemas está dentro do novo material e matriz curricular do SESI, que conta com material didático autoral, assessoria pedagógica, formação de professores, simulados de avaliações externas e avaliações educacionais. As Escolas SESI já estão com matrículas abertas para 2021, para mais informações entre em contato pelo número 3234-0610 ou (92) 98406-2798.

Categorias
Notícias

Escolas SESI estão com matrículas abertas para 2021

A Rede SESI de Educação está com as matrículas abertas para o ano letivo de 2021 na educação infantil (creche e pré-escola), ensino fundamental, do 1º ao 9º ano, e para o Novo Ensino Médio Profissionalizante, do 1º ao 3º ano, com a formação técnica pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Amazonas). No próximo ano, o SESI contará com novo sistema estruturado de ensino, utilizando material autoral, reformulado e novas matrizes curriculares, voltados para um futuro cada vez mais tecnológico.

O Serviço Social da Indústria (SESI) e SENAI vão realizar em 2021 o terceiro ano de implementação do Novo Ensino Médio no Amazonas, como instituições pioneiras no estado. Os novos alunos poderão escolher, entre os cursos, técnicos em eletroeletrônica, em mecânica ou em redes de computadores.

Em todas as escolas da Rede SESI o ensino é pautado, desde a educação infantil, pela Metodologia STEAM, que agrega conhecimentos nas áreas de Ciências, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática. É uma metodologia integrada e baseada em projetos para formar pessoas com diversos conhecimentos, desenvolver valores, juntamente com os conteúdos abordados e preparar alunos e cidadãos para os desafios do futuro.

O SESI também oferece aos alunos, a partir do Ensino Médio, simulados, reforço no contraturno e aulões especiais de preparação, com professores de disciplinas como matemática e português. As Escolas SESI Dr. Francisco Garcia (Distrito Industrial) e Dra. Emina Barbosa Mustafa (São José) são dotadas de infraestrutura adequada, com laboratórios e quadras poliesportivas, além de educação tecnológica com a Robótica no currículo regular.

No município de Parintins, a Escola SESI Pe. Francisco Luppino oferece Ensino Fundamental I e II (1º ao 9º ano), assim como a Escola SESI Abrahão Sabbá, em Itacoatiara.

A prática esportiva também é incentivada pelo SESI como atividade extra aos alunos das escolas SESI, em Manaus, por meio da escola de esportes. As aulas são livres e com preços diferenciados para alunos da instituição.

Conheça as escolas da Rede SESI:

Em Manaus:

Escola SESI Dr. Francisco Garcia

Localizada na Av. Governador Danilo Areosa, 1531, no Distrito IndustriaI. Oferece turmas em tempo integral e parcial para educação infantil: creche e berçário (a partir de 4 meses), creche maternal (1 a 3 anos); pré-escola (1º e 2º períodos – 4 e 5 anos) e ensino fundamental I (1º ao 5º ano).

Contato Whatsapp: (92) 98499-1074.

E-mail: escolasesi.distrito@sesiam.org.br

Escola SESI Dra. Emina Barbosa Mustafa

Localizada na Av. Cosme Ferreira, 3295, Aleixo, atende em ensino fundamental I e II (1º ao 9º ano), ensino médio profissionalizante (1º ao 3º ano) e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Contato Whatsapp: (92) 98499-1484/ 98499-1559.

E-mail: escolasesi.aleixo@sesiam.org.br

Em Iranduba:

Escola SESI David Nóvoa Alvarez

Localizada na Rodovia Manoel Urbano, km 0, s/n, em Iranduba (AM). Oferece ensino fundamental I (1º ao 5º ano).

Contato Whatsapp: (92) 98499-6235.

E-mail: escolasesi.iranduba@sesiam.org.br

Em Itacoatiara:

Escola SESI Abrahão Sabbá

Localizada na Rua Nossa Senhora do Rosário, 3840 – Jauary II, Itacoatiara (AM). Atende em ensino fundamental I e II (1º ao 9º ano).

Contato Whatsapp: (92) 98499-5898.

E-mail: escolasesi.itacoatiara@sesiam.org.br

Em Parintins:

Escola SESI Padre Francisco Luppino

Localizada na Rodovia Odovaldo Ferreira Novo, s/n, Djard Vieira, em Parintins (AM). Oferece ensino fundamental I e II (1º ao 9º ano).

Contato Whatsapp: (92) 98405-6693

E-mail: escolasesi.parintins@sesiam.org.br